Editorial #02: Retrospectiva 2012 – Primeiro Semestre

Retrospectiva

Confiram a primeira parte da minha retrospectiva contando com os animes que eu assisti do primeiro semestre deste ano que passou.

Criando meu segundo post da coluna editorial, a coluna onde eu falo sobre o que eu quiser da forma que eu quiser. Pra começar bem 2013 (ou fechar bem 2012) vou falar sobre os animes que eu assisti neste ano que se passou (somente os exibidos neste mesmo ano). E irei falar rapidamente o que eu gostei em cada um deles e também o que não gostei de cada um. Se estiver faltando algum anime aqui, é devido ao fato de eu não ter assistido ainda e se quiserem me recomendar algum deixem um comentário que eu ficarei muito agradecido.

Antes de falar sobre os animes que começaram na temporada de janeiro/inverno de 2012, vou falar de alguns animes que já vinham sendo exibidos e se estenderam por esse ano. Começando com o mais famoso de todos, Bleach se encerrou em 27 de março com 366 episódios deixando muitos fãs brasileiros e japoneses tristes com o seu final, além daqueles que achavam que Bleach já tinha dado o que tinha que dar (mangá se encontra no último arco também). Não acho que Bleach precise de mais recomendações e análises. Outro anime que teve temporada se encerrando no final de março foi Bakuman (segunda temporada). Já cansei de dizer aqui que a história de Ashirogi Muto no mundo dos mangakás é um dos meus queridinhos e mostra muito bom que não é só de lutas que sobrevivem a jump e o estilo shonen.

Bleach-2

Indo agora aos que interessam (necessitam falar um pouco mais), temos Guilty Crown que foi exibido de outubro de 2011 à março de 2012. Um anime que deixou todos em uma hype danada. O trailer era sensacional, a história mostrada na sinopse era para animar qualquer um e ainda contava com uma baita trilha sonora, bons produtores e artistas trabalhando nele. Mas o que se viu não foi nada disso. Vimos um anime muito mal executado, com personagens fracos, tendo Ouma Shu como um dos piores protagonistas do ano (Kirito manda abraços). De vez em quando tinha lá algumas cenas de ação com batalhas interessantes, mas nada que me deixasse com saudades. E para terminar os animes de 2011 que se encerraram em março de 2012, eu assisti Mirai Nikki, que fez a felicidade de muitos fãs aqui pelo Brasil (basta ver as redes sociais) graças à tsundere mais famosa dos últimos tempos, Gasai Yuno, e pela violência gratuita. Mirai Nikki mostra um jogo de batalha por sobrevivência entre portadores de diários do futuro em que somente um irá sobreviver e irá se tornar o Deus do novo mundo (não, não é o Light). No meio desse jogo temos Yuki, mais um protagonista extremamente fraco (está na moda protagonistas idiotas e bobões, deve ser pelo fato de os pré-adolescentes bobões se assemelharem a eles) e Gasai Yuno que é apaixonada por Yuki. Muita gente gostou, mas pessoalmente esse anime me incomodava um pouco. Eu não conseguia gostar dos personagens e o anime como um todo foi bem raso. Além do fato de ver crianças matando adultos com uma facilidade dava até dó de quem acha que isso aconteceria no mundo real.

rg

Vamos começar a falar de 2012 mesmo agora então, chega de animes de 2011. Começando pela temporada de janeiro, adivinhem o que eu assisti da temporada de janeiro? Nadaaaa. Isso mesmo, eu não vi nada da temporada de janeiro. Um dos motivos: precisava terminar meu mestrado até março. Eu até tentei assistir Another que foi o único que a sinopse me agradou, mas comecei a ver e não achei muito bom. Achei o suspense bem fraco e não era o que eu estava esperando. Apesar da popularidade que o anime teve aqui no Brasil, ele não me agradou e acabei deixando de lado. Sendo assim, temporada de janeiro passou em branco para mim, e garanto que para muitos por aí também. Então vamos logo para a temporada de abril/primavera que essa sim mostrou muita coisa boa.

Another-anime-lovers-rp-31643367-1920-1080

Começarei a falar do que não gostei dessa temporada de abril. Primeiro a grande decepção que foi o Saint Seiya Omega. Eu assisti um bom tempo até antes de desistir, vi 15 episódios. Mas não aguentava mais. Eu fui grande fã de Cavaleiros do Zodíaco na minha infância e sempre colecionei tudo da série. Mas o Omega para mim não faz o menor sentido com relação ao tempo e história. Se a história original deveria ter uma continuação, deveria ser o Next Dimension, apesar de eu não gostar dele também.  Resumindo, SS Omega não me agradou como uma parte da série de CDZ e muito menos como um shonen. Personagens ruins, história sem graça e lutas sem emoção. E o outro anime que não gostei foi Medaka Box. Na verdade- nem tenho muito sobre o que falar. Eu assisti apenas dois episódios, não me agradou tanto e acabei deixando de lado por estar vendo muita coisa. Não via como a história evoluir e parecia só mais uma dessas tentativas da jump de incluir ecchi e fanservice em seus mangás. Mas também vejo muita gente confiável falando bem do mesmo.

punch_saint_seiya_omega_-_01_hd-mkv_snapshot_21-35_2012-04-01_16-30-50

Agora vamos falar do que teve de bom na temporada de abril. Começando com o fenômeno de popularidade Kuroko no Basket (análise aqui) que mostra Kuroko, um jogador de basquete diferente de todos os outros. Sem muita força e sem bons arremessos, Kuroko conta apenas com sua capacidade de passar despercebido dos outros e seus super passes para se sair bem e ajudar Kurogane a levar o time da escola Seirin à vitória. Kuroko no Basket, como eu disse, foi um fenômeno de popularidade levantando um mangá desacreditado ao topo da Jump e alavancando as vendas do mesmo. Comparações com Slam Dunk a parte, Kuroko no Basket é um anime de basquete bem emocionante, em que o esporte basquete não é o foco principal (regras não existem, provavelmente eles nem conhecem), mas contêm cenas de jogos de te deixar sem ar. A única ressalva fica para o fanservice forçado para garotas como os episódios na praia.

kuroko_no_basket

Outro anime marcado por sua enorme popularidade foi Hyouka (análise aqui). Hyouka conta a história Oreki Hintarou, um garoto acomodado que não gostava de fazer nada para não gastar energia. Isso até conhecer Chitanda Eru, que sempre convence ele a fazer as coisas que ela deseja. E junto com os seus amigos Satoshi e Mayaka, eles fundam o clube de literatura clássica e vão resolvendo todos os tipos de mistério que vão aparecendo pela escola. O ponto forte deste anime é o visual impecável que marcou a Kyoto Animation e fez Hyouka um anime muito bonito de se assistir visualmente falando. Também gostei bastante da forma que se desenvolve a relação entre a Chitanda e Oreki. A minha ressalva do anime é a grande capacidade que ele tinha de me fazer distrair no meio dos episódios e parar de prestar atenção.

01

Zetman é o típico anime que não é ruim, é bom, mas que poderia ser muito mais e não foi. O anime seinen futurista de ficção cientifica tem uma boa história, bons personagens e boas cenas de ação, mas o pequeno número de episódios fez o anime ficar bem corrido e mostrou só um pouco do mangá que é serializado até hoje. Para quem busca uma história um pouco mais madura, Zetman é uma boa pedida. Mas depois você provavelmente irá ter que correr atrás do mangá. Vou começar a falar agora dos meus preferidos da temporada de abril.

ZETMAN.full.1088578

O que esperar de um anime que conta a história de amizade entre dois jovens tendo o jazz como principal elo entre os dois? Eu não lembro direito o que esperava, mais o que eu vi foi um dos melhores animes de 2012. Sakamichi no Apollon contou com uma ótima trilha sonora, toda com músicas de jazz, com uma animação muito bonita também e uma história que deixará você preso. Sakamichi no Apollon é sem dúvidas um dos melhores slice of life que eu já assisti. Fazia muito tempo que eu não assistia um slice of life que me fazia me interessar tanto assim pelos personagens, me motivar com eles e querer saber o que iria acontecer no episódio seguinte. Se você ainda não assistiu Sakamichi no Apollon, com certeza ele é um dos obrigatórios desse ano.

sakamichi-no-apollon

Outro slice of life que me marcou muito foi Uchuu Kyoudai. O anime e o mangá já são um sucesso no Japão e contam a história dos irmãos Namba Mutta e Namba Hibito que sonham em ser astronautas. Hibito é o irmão mais novo e já conseguiu realizar o sonho. Mutta é o irmão mais velho que seguiu outro caminho, mas após ser despedido resolveu correr atrás do sonho de criança novamente. Agora vivendo na sombra do irmão mais novo, veremos as aventuras do engraçadíssimo Mutta para tentar se tornar um astronauta. Com Uchuu Kyoudai eu posso lhe garantir que você vai se divertir muito, irá rir muito e terá em mãos um anime bem leve e interessante de se assistir. Eu mesmo me emocionei muito com o anime. Eu tinha acabado de desistir de um doutorado e estava lá vendo Mutta desempregado sem saber o que fazer da vida. Eu me encontrava na mesma situação e me identifique muito com ele. Aos poucos as coisas foram dando certo para mim, assim como também foram se encaminhando para Mutta.

1sBWF

E para terminar essa primeira parte da retrospectiva de 2012, vamos falar do épico final de Fate/Zero (análise aqui) e a sua segunda temporada que teve início nessa temporada de abril. Fate/Zero conta com uma excelente animação do estúdio Ufotable, roteiros de Gen Urobochi (Madoka e Psycho-Pass) e também possui uma bela trilha sonora. Fate/Zero não possui um protagonista e sim uma leva de personagens todos muito bem trabalhados tendo as suas personalidades bem desenvolvidas com o desenrolar da história e mostrando os seus motivos para buscarem o Graal e vencer a Guerra Santa. Deixando para trás de todas as formas possíveis a sua sequela Fate/Stay Night, Fate/Zero se mostrou um dos melhores animes do ano e nos resta esperar que o estúdio Ufotable e Gen Urobochi decidam se juntar novamente para refazerem a história de Fate/Stay Night.

É isso ai, espero que tenham gostado da primeira parte dessa retrospectiva e a segunda parte com os animes do segundo semestre deve sair em breve. Como eu disse, se deixei de falar de algum anime, podem comentar que eu ficarei muito feliz em ler e quem sabe assistir o mesmo.

LEIA: Retrospectiva 2º semestre

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s