Animes Finalizados #02: Hyouka

Hyouka e a fórmula do sucesso e popularidade

Olá, mais um anime finalizado com análise aqui para o blog. Dessa vez é Hyouka. Eu entendo que Hyouka tem muitos fãs, que estourou de vender DVD e outros produtos. Mas sinceramente, não sou esse grande fã do anime. Então provavelmente vocês podem não concordar com a minha opinião.

Eu comecei a assistir o anime quando já tinha saído o quarto episódio. A princípio eu não assisti, pois nem a sinopse e nem o visual me chamaram muita atenção. Achei que fosse ser só mais um anime colegial e tenho certa repulsa contra animes cheios de fanservice, coisas moe que tem de monte nos animes hoje em dia. Mas tinha tanta gente falando bem que resolvi dar uma chance. Fui assistir e vi direto os quatro primeiros episódios. Achei interessante o clima do anime, os personagens não são ruins e até entendo os motivos de chamar a atenção de tanta gente.

O primeiro grande motivo que eu acho que atraiu tanta gente é um e tem nome, Chitanda. 99% dos comentários sobre Hyouka são sobre garotos falando Chitanda isso, Chitanda aquilo. E sinceramente, esse é o tipo de coisa que não me atrai nem um pouco. Mas enfim, muito do motor do anime é baseado nela e nas suas vontades. Na sua curiosidade e capacidade da Chitanda de fazer alguém fazer o que ela quer. E ai é que entra Oreki, esse alguém em especial, um cara que não gostava de fazer nada da vida e só queria economizar energia. Ele que entra no clube de literatura clássica só porque a irmã mais velha mandou. Até conhecer Chitanda. A partir daí, tudo muda para Oreki, pois ele não cosegue dizer não a nada que a Chitanda pede.

Uma coisa que eu gosto no anime é a relação entre Oreki e Chitanda. Mesmo não sendo algo tão explicito e escrachado, se nota que os dois gostam bastante um do outro. Que cada vez mais um quer fazer parte do mundo do outro e também que o outro faça parte do seu mundo. Cada vez mais eles ficavam íntimos e se conheciam mais, mesmo sendo de mundos completamente diferentes. Chitanda era uma garota de família rica e muito curiosa. Toda vez que via um mistério sempre queria resolve-lo. Bem diferente de Oreki que queria ficar tranquilo, no seu mundinho fechado. Mas era aí que Chitanda o convencia de ajudá-la e ele não conseguia dizer não. Afinal, convenhamos, que homem consegue dizer não a uma garota bonita, baixinha, irritante e que você é apaixonado por ela?

Outro personagem importante é o melhor amigo de Oreki, o Fukube. E diferentemente de Oreki, Fukube fala o tempo todo e participa de praticamente tudo que é possível na escola. Entra para o grupo de literatura clássica pela curiosidade de ver como seu amigo reservado irá lidar com a situação e com Chitanda. Logo no primeiro mistério que vão resolver, eles se deparam com Ibara que é amiga antiga dos dois e que gosta de Fukube. Os quatro começam a andar juntos fechando assim o elenco principal da série e o clube de literatura clássica que o que mais faz é resolver todos os mistérios que aparecem e atiçam a curiosidade de Chitanda.

Mas Hyouka é um anime de mistério né? Falando agora um pouco sobre os mistérios, eu tenho que confessar que não gostei muito deles. Da mesma forma que a relação entre Chitanda e Oreki me chamou a atenção, os mistérios de nenhuma forma me empolgavam ou me deixavam curioso. Chegando ao ponto de várias vezes enquanto eu estava assistindo o anime, eu me distrair. E na hora que eu percebia, já não estava mais prestando atenção no episódio. Hyouka não conseguia segurar minha atenção e era até bem entediante em vários momentos. Alguns mistérios eu tenho que confessar que eu gostei, como o do roteiro do filme inacabado. Nessa parte teve o único episódio que eu vi e ao terminar eu falei “quero o próximo episódio”. O interessante quando Oreki errou a resolução do mistério e jogaram isso na cara dele. Pois até então, ele só ficava meio que juntando as informações enquanto todos se matavam investigando e do nada falava a solução para o mistério. Solução essa que muitas vezes era completamente complexa e viajada, sem condições de alguém descobrir aquilo com aquelas informações que ele tinha. Então essa parte em que ele não resolveu foi legal, por ser diferente, por criar essa mudança no anime.

Acho que era isso que eu queria falar sobre o anime. Não achei ruim, mas também não sou desses fãs ferrenhos de Hyouka e Chitanda. Até recomendo o anime, mas não o suficiente pra criar um post na coluna “Nist Likes” pra ele. E vale lembrar que o anime terminou em aberto com uma grande possibilidade de segunda temporada ou filmes daqui a um tempo. Eu gostaria de saber como continuaria essa relação entre Oreki e Chitanda.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s